quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Império 1 X 0 Aliança Rebelde





O Brasil acabou de dar mais um passo para o buraco; logo nosso país estará igual aos países escandinavos. Não me refiro à erradicação do analfabetismo, ou da mortalidade infantil próximo de zero, ou das cidades limpas, do povo educado, pois nosso país – infelizmente – copia sempre pela metade. A metade ruim!

Me refiro ao intenso crescimento do movimento feminista, agora que elegemos uma feminazi. Não basta a Constituição garantir direitos e deveres iguais para todos, nem o Código Civil que aboliu vários artigos “ultrapassados” e “sexistas”; veio a Maria da Penha, a Lei dos Alimentos Gravídicos, tudo isso amparado pelo Secretaria de Políticas Para Mulheres, que na verdade funciona como um ministério. Este governo que deu todos os privilégios do mundo para as mulheres, criou um programa de saúde INTEGRAL para mulheres – enquanto ao homens, deboche: “Sabe porque o homem vive menos? Porque ele não se cuida.” --, financiou a promiscuidade homossexual com a distribuição de gel (enquanto falta medicamentos importantes nos postos e tratamentos para doentes de câncer), o governo que não divulga dados sobre acidentes de trabalho (onde homens são maioria), mas ressalta a todo o momento o quanto homens e mulheres tem ganhos diferentes (sem levar em conta o quanto cada um trabalha), para dizer que os homens continuam se dando bem em detrimento feminino.

Mesmo sendo tão prejudicados pelo governo Lula, estes IMBECIS acabaram de eleger sua sucessora, UMA FEMINAZI. A Dilma (cho) não foi eleita somente pelas mulheres e pelos pederastas, mas por uma esmagadora parte dos homens heterossexuais deste país. Eu tenho absoluta certeza que pelo menos 50% destes não teriam votado na bruxa se soubessem exatamente o ela pretende fazer; mas o povo é BURRO e IGONORANTE e só vê a “minha casa” e “bolsa-esmola”, ignorando a perfídia por trás de tudo isso.

Eu não sou contra políticas especiais voltadas para mulheres... quando se faz políticas especiais para os homens também. Uma sociedade não se faz somente de homens ou de mulheres, mas de ambos. Em nenhuma sociedade (pelo menos que eu conheça) existiu/existe uma divisão de classes onde os homens estiveram de um lado e mulheres de outro. Sempre existiram mulheres privilegiadas, assim como mulheres oprimidas, e homens também ocupando todos os estratos. As feminazis distorcem a História, sempre atribuindo às mulheres todos os males do mundo, onde todos os homens tinham privilégios e viviam numa felicidade só. Nos dias de hoje, nenhuma lei pode privilegiar somente os homens, do contrário, será considerada MACHISTA/ SEXISTA. Apesar de SEXISMO ser a palavra mais usada oficialmente, não se aplica este termo à discriminação contra homens. É que chamam de “políticas afirmativas”, “discriminação positiva”. O que foi feito aos negros nas universidades públicas, logo será estendido às mulheres nas mais diversas esferas da sociedade.

Prepare-se, homem, para perder seu emprego para uma dondoquinha metida. Imagine você, trinta e tantos anos; trabalha desde os 15, pagou faculdade com o seu trabalho; de dia no trabalho e de noite na faculdade; fez MBA, viajando toda semana durante dois anos, quase perdeu a namorada; você está na empresa há muitos anos e aparece a tão sonhada vaga na diretoria da empresa. Você imagina seu novo padrão de vida: filhos numa boa escola, carro novo pra você (e o atual para sua mulher), uma viagem com a esposa para a Europa... *peeeeeeeeeeeeemmmmmmmmmmmmm!!! A vaga não irá pra você, mas sim para a pirralha que nunca lavou um copo, estudou quatro anos financiada pelo papai machista-opressor, ia todo dia pra faculdade no carro que o papai deu, passou dois meses na Europa fazendo intercambio para melhorar o inglês. Esta garota, com um décimo da sua experiência e quase metade da sua idade, ficará com a TUA vaga; sabe porquê? PORQUE ELA É MULHER, portanto, uma desfavorecida nesta sociedade patriarcal, injusta e misógina!

Lugar de homem agora é trabalhando nas minas, nas grandes obras do PAC, construindo hidrelétricas, nos garimpos, subindo morro e trocando bala com bandido, nas pedreiras, carregando e descarregando sacas de 60 kg nas costas, nas siderúrgicas, nas caldeiras, nos bueiros cheios de esgoto, limpando janelas a uma altura de cem andares , ou qualquer outro serviço pesado e insalubre que tiver. Apesar das feministas serem contra o sexismo, elas não reclamam de discriminação quando a lei PROÍBE mulheres de trabalhar em minas ou estipulam limites de peso. Feminista não pede cota nestes serviços, querem construir a casa pelo teto.

O Feminismo não quer o fim dos homens, pois nós somos a BASE da sociedade, o sustento do topo que será ocupado pelas FEMINAZIS. Uma sociedade sem homens só seria possível num mundo onde uma tecnologia super avançada resolvesse todos os trabalhos sujos e perigosos. Um mundo sem nenhuma ameaça de guerra ou da Natureza. Enquanto houver guerras, tsunamis, pontes a se construir (e reformar) e esgotos que não podem ser consertados por máquinas, os homens serão úteis. Do homem, o que importa é o corpo forte e resistente; não da mente. Esta deve ser apagada e reprogramada com ordens de suas superiores. Eles devem obedecer fielmente e jamais questionar ordens. Terão direito a sexo, mas só quando lhes for oferecido. Terão direito a opinar, contanto que não discordem da ideologia do Estado Feminazi. Deverão tratar suas mulheres com reverência e submissão. Deverão carregar para sempre a culpa de seus antepassados, opressores horríveis, que escravizavam suas esposas e as obrigavam a cuidar da casa e dos filhos, enquanto eles passavam o dia inteiro fora, se divertindo com os amigos. Assim como foram 4 mil anos de patriarcado oprimindo as mulheres, serão 4 mil anos de castigo a TODOS os homens pelos pecados de seus antepassados.

E tudo isso irá acontecer; não hoje e nem amanhã, mas a História já deu muitas mostras de como começam os regimes totalitários e alienantes. Não sei se é coincidência, mas hoje é noite de Halloween, o dia em que a primeira feminazi venceu uma eleição para presidente, provando mais uma vez o quanto o povo é tonto e não sabe votar.

Elegemos uma bruxa. Uma mulher que já cometeu crimes horríveis. Não me estenderei sobre o assunto, mas saibam que os comunistas armados não lutavam pela liberdade do Brasil. Eles queriam derrubar o regime, sim, mas para implantar uma ditadura igual a de Cuba, da China, da Rússia, do Camboja, da Coréia do Norte. Os militares não tiveram outra alternativa a não ser dar o golpe e salvar o nosso país desta desgraça. Ou você acha legal viver preso num território e sua família em outro, e nunca mais vê-los?

5 comentários:

Igor Bonfim disse...

Como sempre texto poderoso e esclarecedor. Temo pelo futuro do meu país. O pior de tudo foi ver homens brancos heterossexuais votando e elegendo alguém que os considera inimigos. PNDH-3 vem aí, e junto dele leis abortistas, anti-homem e pró-homossexualidade.

Sobre o mercado de trabalho desfavorável só posso dizer que devemos estudar muito e lutar incasavelmente para atingir os postos mais altos mesmo estando em desvantagem pela nossa condição de homem. Jamais devemos sucumbir por mas que a maré esteja ruim. Vamos nos proteger com conhecimento e usa-lo a nosso favor!

Adoradora de Cristo disse...

Que Deus tenha misericórdia desta geração perversa.

Texto mto bom.

Indefinido disse...

Concordo com Igor.E tem mais uma coisa.Semana passada eu vi uma reportagem no "Fala que eu te escuto"da Record,de mulheres em espaços masculinos como mineração,operando navios,na polícia,militarismo e lutando boxe.Aí,eu pergunto:As mineiras vão ficar soterradas como aqueles lá do Chile?E olhe que se gabavam da quantidade delas estarem aumentendoNão.Pois na hora em que o biho pegar quem vai é o homem.As policiais e militares.Na hora de um tiroteio e uma guerra?Quem vai?O homem.Navio estiver afundando.Quem se salva?Elas primeiro.Isso que vai acontecer.Isso ninguém fala.

RS Rock'n'Roller disse...

Devagar com o andor, pessoal. Talvez vcs fazendo uma jogada pretensamente preventiva, mas a verdade é que vcs servem direitinho como exemplos de como não se fazer as coisas. Nós homens sempre fomos muito mais espertos e astutos no curto prazo, mas deixamos de levar em conta o planejamento estratégico de longo termo, pois para isso sempre contamos com as mulheres para tomarem conta desses assuntos; No entanto, não é por falta de capacidade ou inteligência que vamos deixar de jogar esse jogo, pelo simples fato de que os donos dele, além do que fomos nós que criamos as regras e damos as cartas. Há um outro artigo, muito bem escrito por sinal, que fala de uma sociedade composta somente por mulheres, o no que acontecerá se isso realmente acontecer.

No frigir dos ovos, não acho que devemos nos preocupar tanto assim, afinal de contas, o próprio "inimigo", pela sua natureza, nunca será tão unido quanto nós.

J. Ramiro disse...

"Eu não sou contra políticas especiais voltadas para mulheres... quando se faz políticas especiais para os homens também."
Caro Lobo Sagrado, esta frase demonstra a inexorável grandeza dos seus argumentos, bem distribuídos nos diversos textos interessantes do seu blog. Parabéns, meu irmão! Persevere no caminho! E obrigado por lutar conosco o bom combate! Grande abraço!