quinta-feira, 30 de junho de 2011

Poemas satíricos

Escrevi estes poemas ano passado, na época do desaparecimento da Eliza Samudio. Não sou bom em versos, escrevi somente para zoar. Deixo avisado para algum engraçadinho que venha me dizer que não sei fazer poesia. Não sei mesmo!


Sou piriguete

Meu nome é Piriguete

Minha mãe já foi chacrete

Cresci ouvindo Gretchen

Sou boa de mentira


Finjo que sou santa

Mas sou uma piranha

Tudo pra aparecer

No show da Luciana


Ela me ensinou os truques

Dar pro cara certo

Eu não dou pra professor

Quero mesmo é um jogador


Minha bunda é um pandeiro

Silicone nos meus peitos

Agora falta arrumar

Um babaca pagodeiro


Não gosto de estudar

Nem de trabalhar

Quero uma pensão bem gorda

Pra nunca mais me preocupar


Tentei o golpe da barriga

Mas deu certo não

Chantageei o cara errado

‘Cabei levando no “butão”.


Homem bonzinho


Sou um cara legal

Dou flores, pago tudo

Passo horas ouvindo você chorar por aquele que não te quer

Você me acha fofo, lindinho e perfeito

Mesmo assim, nega o meu amor

Mas sou paciente e capaz de esperar uma Eternidade

Porque sou um homem que ama de verdade


O que não faço por você?

Até mudei de escola pra ficar do seu lado

Mas você ainda chora por um cara que não te quer

Ele te despreza e prefere sua amiga

Mas você me diz que o ama mesmo assim e não entende o porquê

Como sou um homem apaixonado e compreensivo,

Viverei com a esperança de um dia você me querer


Muitas outras já me desprezaram

Nunca tive a chance de mostrar o quanto eu posso ser bom

Ah! como eu queria ter esta chance pelo menos uma vez!

Demonstrar todo o meu amor, carinho e dedicação

Mas até hoje nenhuma garota confiou em mim

Apenas me querendo por amigo

Será este o meu destino?


Por cem noites fiquei à sua espera

Embaixo da janela, e você nunca abria

Mas aprendi com minha mãe

Que a dedicação de um homem apaixonado

Um dia será reconhecida

Chuva, vento e neve enfrentei

Pra pegar pneumonia


Quem ama de verdade,

Aceita a felicidade da pessoa amada

Então fico feliz que esteja com ele

Mesmo que seja um canalha

Eu nunca deixarei de ser bonzinho

Porque não sei ser de outro jeito

Mesmo que eu morra sozinho.



Me chamam de machista


Me chamam de machista

Só porque vejo coisa errada

O que querem essas mulheres,

Que eu me case com rodada?


Filho dos outros eu não crio

Já tenho problemas demais

Tem muito trouxa por aí

Pra fazer de capataz


Quer dividir tarefas?

Ótimo! Pegue tijolo

Me ajude com o muro

Que depois eu lavo a louça


Se eu gosto de mulher?

Sim, claro.

Mas quem disse que tu és?

Mais parece um jacaré!

13 comentários:

Hamanndah disse...

Quanto a ajudar no muro com tijolo, existem mulheres, raras, que trabalham na construção.

Se sua mulher ganhar tanto quanto você e , como ela não tem força fisica como você tem, se ela precisar de força para pegar algo pesado, e ela pagar a um rapaz para fazer o serviço, ao invés de pedir a você que o faça de graça, neste caso, se ela pagar, você ajudar ela no serviço doméstico?

Nem assim?
Nem se ela dividir a despesa da casa e pagar outro homem para trabalho que exige força fisica, que ela naõ tem?

Vou ser clara: quanto uma mulher e um homem se casam, que ganham tanto quanto o outro e dividem a despesa, é justo que queira dividir as despesas e quando a mulher não ter força para pegar um movel, se ela pagou a outro homem para fazer isso, ao inves do marido fazer de graça, então o marido não poderá se queixar em dividir o serviço domestico, afinal, ela não pediu a ele para fazer força de graça

E se fosse assim, como explico no ultimo parágrafo, você aceitava dividir o serviço domestico, se nunca pegasse peso em casa e a mulher, com o dinheiro dela, não com o seu, que fique bem claro, pagasse a outro rapaz para fazer,se ela não tem força para isso?

Nem assim, você acha que ela merece ter mesmos direitos que você?

Hummm....

Indefinido disse...

Quem é essa vadia daí?Olha,idiota,do mesmo jeito que você,paga a um cara para fazer esses serviços,nós pagamos uma empregada para fazer e não dividimos porra nenhuma não.

Indefinido disse...

"Quer dividir tarefas?

Ótimo! Pegue tijolo

Me ajude com o muro

Que depois eu lavo a louça


Se eu gosto de mulher?

Sim, claro.

Mas quem disse que tu és?

Mais parece um jacaré!"

Gostei disso Lobo.

Seth Dragoon blog disse...

Ei indefinido, apesar de você estar bravo com a Hamanndah ( suponho por ela participar do blog da Lola ), acho que seja incoerente o uso de tal agressividade.
Hamanndah, eu ainda não li o artigo ( confesso que estou meio exausto, hehehe... ) mas eu não sou muito adepto à questão de igualdade, acho que sim, mulher é um ser diferente do homem, mas acredito eu que nossas diferenças são insuficientes para julgarmos superioridade de um perante o outro ( e espero que assim continue até o fim de nossa espécie ). Mas, acho que sim, o patriarcado não é um sistema opressor como dizem, acho que no fundamento inicial de tal estilo social, não teria o patriarcado a intenção de ferir e oprimir a mulher, mas como qualquer outro sistema, tal como matriarcado ( apesar de ser debatido a existência deste ) e igualitarismo, o patriarcado também possui seu lado negro. O patriarcado é um sistema feito para Homens ( com H maiúsculo ), homens que sabem do poder que possuem em mão, mas também sabem o valor que se pode encontrar em uma mulher. Eu gosto de definir este tipo de homem como o cavalheiro moderno, aquele homem que não vive somente de sexo ou para o sexo, que trata o sexo como uma consequência de seu ser. Acredito eu que sim, não é tarefa da mulher o sustento da casa, acho que isto é coisa que um homem digno de seu sexo deveria fazer, mas como lhe disse, o homem digno de seu sexo não humilharia a mulher em hipótese alguma, bom, para melhor entender de que homem estou me referindo, quero que leia meu próximo post, abaixo que retiro de um comentário realizado por mim em uma comunidade.

Seth Dragoon blog disse...

" Acredito eu que o patriarcado seja o melhor sistema já inventado, mas assim como todos os outros sistemas, sejam eles os igualitários ou mesmo o matriarcado, possuem dois lados.
O patriarcado auxiliado ao cavalheirismo se torna o sistema mais eficiente que consigo imaginar em mente.
Mas gosto de citar o cavalheirismo adepto ao momento atual, gostaria ( se pudesse eu idealizar um homem ), um suposto cavalheirismo moderno.
O cavalheiro moderno é focado nos negócios, quer ser rico e ter uma vida estável.
O cavalheiro moderno não perde as boas maneiras, mostre-se ser inteligente, seja bem educado.O cavalheiro moderno é inteligente, estudioso.
O cavalheiro moderno não deixa de ser bonito para ser um nerd, tem que se cuidar, ser bem barbeado, unhas bem cortadas, cheiroso, frequentar academia e bem vestido, mas tudo isso sem se afeminar, já que para ser bonito não tem de ser mulher ou tentar imitar uma, a beleza masculina se difere e muito da beleza feminina.
O cavalheiro moderno, se possível deve fazer alguma luta marcial, já que você tem de saber se defender bem para poder ter uma independência total, porém não deixe o mundo por causa da luta.
O cavalheiro moderno é um verdadeiro gentleman com sua namorado, seja educado, mas não se rebaixe ou deixe ser rebaixado, cobre respeito, assim como você é educado com a mesma, repito, não se deixe ser rebaixado ou todo o respeito se esvairá.
Por fim o cavalheiro moderno tem de transmitir confiança à sua namorada, faça ela se sentir segura ao seu lado, cobre confiança dela por você, mas não a decepcione, uma promessa deve ser cumprida, assuma a liderança mas proteja sua parceira, ela pode vir à ser a mãe dos seus filhos, e pode ser sua maior aliada, assim como pode se tornar sua pior inimiga, por isso mostre à ela o homem que ela tem em mãos, faça-a dar valor à você, assim como repito, proteja ela, não faça piadas que menospreze sua parceira, ainda mais se perto de outros, você sabe que você é bom e não precisa rebaixar outros para provar isto. "

Por isto, tenho de concordar que sim, é possível sermos tratados de maneiras diferentes sem que haja menosprezo de um perante o outro. Mas para que isto aconteça, é necessário que a sociedade comece à pregar respeito de um perante ou outro, assim como também comece à produzir homens e mulheres, e não moleques e vagabundas.
Hamanndah, se muito estudarmos, veremos que é impossível se igualar os sexos, poxa, além de que é muito gostoso o fato de sermos diferentes! Pare e pense, o quanto é gostoso para você ser diferenciado de um homem, tal como eu ( pelo menos ) acho uma delícia ser diferente da minha namorada, para que quando nos relacionarmos, nós nos completemos, já que iguais não se completam.
Um grande abraço, Vinícius.

Indefinido disse...

"O cavalheiro moderno, se possível deve fazer alguma luta marcial, já que você tem de saber se defender bem para poder ter uma independência total, porém não deixe o mundo por causa da luta."

Com certeza.E só ele deve fazer.Não ela,como o feminismo quer impor.

Terapeuta Renato disse...

Quando a mulher afirma que não tem condições físicas para carregar tijolos, o nome disso é preguiça.

Para fazer concursos para a segurança pública, são fisicamente fortes, mas para carragar tijolos são "fisicamente fracas"..tsc,tsc.

Homens passam mais horas trabalhando fora do que as mulheres; uma grande parcela das mulheres não ajudam nem fazendo um lanche para o pedreiro, quanto menos ajudar nas despesas.

Assim como não querem ser donas de casa por considerarem uma tarefa imposta pelos homens, nós não desejamos também essa tarefa que consideramos exclusivamente feminina.

a maioria das mulheres, quando casam, independente de terem filhos ou não, escolhem se trabalham fora ou se permanecem como donas de casa, nós homens nunca teremos, nem ambicionamos tal escolha.

Os homens começa a trabalhar mais cedo,possuem dupla jornada de trabalho( porque elas dificilmente ajudam com os trabalhos pesados e perigosos da casa,fato!), e ainda desejam impor uma terceira?

A vida de solteiro tem sido uma das opões mais atraentes para os homens contemporâneos, ainda mais quando aparecem as feministas radicais na internet; quando ligo a TV e vejo mulheres como a Márcia Goldsmith falando asneiras,apresentadoras jovens casando com donos de emissora,ou pessoas do meio político como Dilma e suas ministras militantes, PTB mulher e outras aberrações sociais, isso somente reforça a crença de que as mulheres hoje são maçãs bichadas.

Parabéns Lobo, pela coragem e iniciativa.

ATT

Renato

Indefinido disse...

"Para fazer concursos para a segurança pública, são fisicamente fortes, mas para carragar tijolos são "fisicamente fracas"..tsc,tsc."

E olha que,na verdade,na hora de entrar na polícia,ainda se dizem fracas,pois é só ver o teste físico.Menos intenso do que o o do homem.No BOPE do Rio quiseram pedir para abrandar para elas o curso de formação para elas entrarem.Agora,depois de estarem lá dentro é que essas putas bancam as fortes.Colocam armas em cintura,e vem com toda marra para cima de um homem.A sociedade devia se ligar nisso e não respeitar essas vadias.

Indefinido disse...

"Assim como não querem ser donas de casa por considerarem uma tarefa imposta pelos homens, nós não desejamos também essa tarefa que consideramos exclusivamente feminina."

Se elas não querem,quanto mais nós.Isso é obrigação delas.Não nossa.E odeio mulher que não sabe cozinhar.Mando pastar.

Indefinido disse...

"a maioria das mulheres, quando casam, independente de terem filhos ou não, escolhem se trabalham fora ou se permanecem como donas de casa, nós homens nunca teremos, nem ambicionamos tal escolha."

Com certeza.

Indefinido disse...

"Os homens começa a trabalhar mais cedo,possuem dupla jornada de trabalho( porque elas dificilmente ajudam com os trabalhos pesados e perigosos da casa,fato!), e ainda desejam impor uma terceira?"

Conheço homens que trabalham comigo que trabalham a noite,depois do espediente,em outros lugares e no fim de semana.Isso essas vermes não olham

Indefinido disse...

A vida de solteiro tem sido uma das opões mais atraentes para os homens contemporâneos, ainda mais "quando aparecem as feministas radicais na internet; quando ligo a TV e vejo mulheres como a Márcia Goldsmith falando asneiras,apresentadoras jovens casando com donos de emissora,ou pessoas do meio político como Dilma e suas ministras militantes, PTB mulher e outras aberrações sociais, isso somente reforça a crença de que as mulheres hoje são maçãs bichadas."

Não ofendedno a todas,mas a maior parte são umas vermes

Karol Laluala disse...

Escreva mais por favor <3