quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Por que as mulheres não dão para os miguxos?



A resposta é simples. Muitos não querem enxergar a verdade e, assim, buscar uma forma de mudar suas atitudes e reverter o quadro.

A Natureza (quase) sempre sabe o que faz e neste caso não foi diferente. Sabe o que é incesto? É a relação sexual entre pessoas da própria família. O desejo incestuoso é mal vista por quase todos os povos e em todas as épocas. Condenado por inúmeras religiões e também pela Natureza. É comum que o fruto de uma relação incestuosa seja de crias defeituosas e cheias de problemas de saúde. Mesmo entre primos de primeiro grau, é comum seus filhos apresentarem algum problema congênito ou retardamento mental.


“E o que tudo isso tem a ver com miguxismo?”, você me pergunta? Muita coisa. Respondo.


Existe um mecanismo natural em nós que pode evitar que cometamos o incesto. Quando a mulher tem um amigo com quem divide intimidades, passa a considerá-lo da família. Dependendo do tipo de miguxismo, o sujeito pode agir como um pai (superprotetor, altamente respeitador, que jamais se dirige à mulher como tal e trata de maneira assexuada), como filho (fica chorando as mágoas, se fazendo de frágil, carente, coitadinho, pedindo colo) ou como irmão (dando conselhos amorosos para a amiga, fazendo tudo o que ela quer, e sempre escondendo sua sexualidade dela). Quando uma mulher vê um homem como alguém de sua família, é claro que não irá rolar atração sexual. E se o miguxo agir como uma mulherzinha, um assexuado ou sua melhor amiga, a mulher não o verá como um macho em potencial e, consequentemente, não sentirá atração por ele. Quando a mulher é um ser NORMAL, naturalmente irá rejeitar sexualmente pessoas com grau próximo de parentesco e pessoas do mesmo sexo/gênero.


Você, homem, me diga:


Consegue sentir atração por mulheres que se assemelhem muito às suas mães? Ou por aquelas que nada tem de femininas? Mulheres que mais parecem sargentos, masculinizadas e desajeitadas?


Se você respondeu NÃO, então não espere que uma mulher sinta algo por você se não agir como um macho em potencial, e não feito um parente ou um ser de sexo indefinido.



Você não precisa deixar de ser amigo de uma menina para deixar de ser miguxo. Apenas não exagere no tratamento e aja com naturalidade. As mulheres não querem igualdade? Então trate-a como qualquer amigo seu! Sem muita “melação”, não se veja obrigado a levá-la em casa ou pagar coisas para ela (faça isso só com as mulheres com quem estiver saindo). Não seja tão disponível e nem disposto a fazer tudo o que ela te pede, PRINCIPALMENTE coisas relacionadas a outro homem. Não esconda sua sexualidade dela. Demonstre interesse por outras mulheres na frente dela, comente sobre suas amigas. Use termos como “gostosa”, “boazuda”, “safada”, “vagaba” ao se referir às outras mulheres. Não esconda o seu MACHISMO.


Você, então, me diz: “Cara, que coisa escrota isso que você ta dizendo!”, e eu respondo: Podem ser escrotas, mas sempre funcionaram. Continue miguxo e politicamente correto e termine seus dias como celibatário.





5 comentários:

Diego Stallone Frodo disse...

Texto fodidamente real, já passei por isso e sei como é!
Graças a Deus isso têm anos.

IRMÃOS AGUIAR disse...

é igual meu irmão diz:não seja amigo de mulher

Indefinido disse...

"Ou por aquelas que nada tem de femininas? Mulheres que mais parecem sargentos, masculinizadas e desajeitadas? "

Impossível.Nçao sei como tem muito otário namorando mulheres policiais.mulheres de academias que se dizem femininas,mas você vê o peso que ela carrega e o músculo desenvolvendo(Não precisa nem perder a silhueta feminina.Basta desemvolver um pouco os músculos superiores ombros,costas e braços).Eu mesmo tenho uma colega que ontém estava dizendo que mulher tem que ser feminina.Mas ela mesma já foi segurança.Quem é ela para falar isso?

Indefinido disse...

"As mulheres não querem igualdade? ""

Elas tem que pagar o preço disso.Fico com raiva dos otários que ficam babando por mulher.

Indefinido disse...

"Não esconda o seu MACHISMO. "

Temos que esfregar o machismo na cara delas.As feministas tem que engolir isso